"Um dia de chuva é tão belo como um dia de sol. Ambos existem; cada um como é." (F. Pessoa)

15
Fev 08

Eu tenho o tempo,
Tu tens o chão,
Tens as palavras
Entre a luz e a escuridão.
Eu tenho a noite,
E tu tens a dor,
Tens o silêncio
Que por dentro sei de cor.
E eu, e tu,
Perdidos e sós,
Amantes distantes,
Que nunca caiam as pontes entre nós.
Eu tenho o medo,
Tu tens a paz,
Tens a loucura
Que a manhã ainda te traz.
Eu tenho a terra,
Tu tens as mãos,
Tens o desejo
Que bata em nós um coração.
E eu, e tu,
Perdidos e sós,

Amantes distantes,
Que nunca caiam as pontes entre nós.

Pedro Abrunhosa                          

 

 

publicado por Meio Limão às 14:43

Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
16

18
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29


arquivos
2008

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO